Quem são as empresas mais ecológicamente responsáveis?

A ONG Greenpeace divulgou a 16º edição do Guia para Eletrônicos Verdes (Guide to Greener Electronics) que relacionas as empresas dos mercados de aparelhos de telefonia celular, computadores pessoais, aparelhos televisores e consoles de games mais ecológicamente responsáveis.

E tanto a primeira como o última posição do ranking não foram alteradas em relação ao relatório anterior. A Nokia continua a ostentar o primeiro posto enquanto a Nintento continua a ocupar a última colocação da lista.

O modo com as empresas fazem o manuseio dos produtos químicos utilizados em sua produção, a reciclagem e os efeitos que sua produção causa no ambiente são os fatores levados em consideração para pontuar as empresas de 0 a 10.

Confira as empresas e suas respectivas posições:

1º Nokia (7,5 pontos): Em junho de 2008, a empresa finlandesa saiu do terceiro lugar para a liderança e se mantém na liderança com a mesma pontuação do relatório anterior. Celulares fabricados desde o final de 2005 estão livres de PVC – plástico usado em muitos cabos de equipamentos – e os acessórios lançados em 2010 não contêm mais bromo, um elemento altamente tóxico.

2º Sony Ericsson (6,9 pontos): A empresa tem um processo industrial baseado no uso de fontes renováveis de energia. Entre as 18 empresas, é a que mais foi melhor na eliminação de substâncias tóxicas como retardantes de chamas à base de bromo (BFRs, na sigla em inglês). Esse material reduz o risco de incêndio nas placas, mas causa problemas de saúde.

3º Philips (5,5 pontos): Cresceu quase meio ponto em relação a lista anterior. Contaram pontos a favor o lançamento de produtos como TV de LED e barbeadores livre de alguns compostos tóxicos.

4º HP (5,5 pontos): Subiu do 8º para o 4º lugar por caminhar bem rumo à eliminação total de BFRs em seus produtos.

 Samsung (5,3 pontos): Subiu da 13ª para a 5ª posição.

 Motorola, Panasonic e Sony (5,1 pontos): A Motorola caiu da 4ª para a 6ª colocação e as outras duas marcas mantiveram a posição do relatório anterior.

9ºApple (4,9 pontos): Caiu de 5º para 9º lugar e pontua bem pelo uso restrito de BFRs e PVC, mas perde muitos pontos por não apresentar claramente suas políticas futuras sobre eliminação de outras substâncias tóxicas.

10º Dell (4,9 pontos): Subiu de 4,3 para 4,9 pontos, mas continua em 10° lugar.

Sharp (4,7 pontos) Acer (4,1 pontos), Fujitsu (3,9 pontos), LG (3,5 pontos) e Lenovo (3,5 pontos) vão do 11° lugar ao 14º lugar, nesta ordem, sendo que LG e Lenovo empatam em 14º lugar.

16º Toshiba (2,3 pontos): Descumpriu o compromisso de cortar PVC e BFRs dos aparelhos lançados a partir de abril deste ano. A empresa não avisou ao Greenpeace que iria descumprir a promessa nem estipulou uma nova data como meta.

17º Microsoft (1,9 ponto): Além de não ter nenhum aparelho livre de BFRs e PVC e descumpriu o compromisso de cortar essas substâncias em novos produtos até o final deste ano.

18º Nintendo (1,8 ponto): Continua a ser, segundo o Greenpeace, uma empresa que tem altos índices de emissão de gases do efeito estufa, não revelou planos para eliminar o PVC em seus produtos, apesar de lançar console cujas fiações internas não têm esse tipo de plástico. A pontuação é zero no critério tratamento do lixo eletrônico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: